Andréa Góes

Autorrevelação

Quando em mim não me resolvo
Devolvo- e cuido da vida dos outros
Os que entendem- que aquilo nada lhes pertence
Aprendem a relevar
E me revelam- delicadamente- quando extrapolo o meu lugar
Os que não toleram minha intromissão
Me miram no gatilho- tá iniciada a explosão
No whatsapp, facebook, cara a cara
#soquenao
Cada um saca a sua metralha
Todo mundo grita, ninguém cala
No fim cada um despe a sua máscara
No conforto da solidão,
No confronto com a própria sombra
O único ponto
Era extravasar a frustração,
Atirar pra qualquer lado…
Não era pra ter entendimento ou aprendizado.
Nesse jogo viciado
Ninguém brinca pra perder
É uma grande gincana
De esbravejar sem nada dizer. Leia mais

Noyuke Silva

Amar é não ter medo de expor sua vulnerabilidade

Amor. É dar um beijo sabendo que está prestes a pegar uma gripe. É, mesmo tendo conhecimento dos riscos, se afogar num mar de línguas. É desconhecer distâncias e desafiar perigos. É ser surpresa de repente em dia de carência. É comprar um chocolate, mesmo, sinceramente, se esquecendo da dieta ou de alguma promessa. É esquecer problemas e atribulações e apenas estar ali, de corpo e mente. É cuidar e, principalmente, se deixar ser cuidado. É dar aberturas para que vejam seus pontos mais fracos, seus egoísmos, seus erros e seus medos. É não ter medo de ser o que se é, de se mostrar como se é. É confiar e respeitar. Leia mais

Jey Leonardo

Ninguém tem tempo para o que não está interessado

Às vezes tenho a sensação que estou vivendo cercado por uma redoma de compromissos mais importantes ou talvez desculpas que se sobressaiam como uma esquiva infalível diante de mim. As pessoas andam muito ocupadas. E a impressão que elas deixam é de que não sobra tempo para nada. Nem ninguém. Leia mais

Mallu Navarro

Arrependimento não cabe na vida adulta

Crescemos ouvindo que devemos ficar longe dos jogos de azar, que apostar é algo ruim e arriscar é perigoso. Isso torna o desenvolvimento pessoal muito confuso porque a vida é uma grande aposta. Todos os dias temos de escolher entre calça ou bermuda, branco ou amarelo, pão francês ou de forma, frango ou peixe, o melhor colégio, o melhor buffet, a melhor profissão, a melhor proposta de trabalho, o parceiro mais adequado, o bairro ideal. Todas as vezes que optamos por algo, estamos apostando nisso e abandonando as outras opções. Leia mais

Leonardo Santaroli

Uma hora vou te decepcionar. Isso é normal

Sim, eu vou te decepcionar. Eu não sou romântico sempre. Eu não tenho habilidades manuais. Eu não consigo abrir o pote de azeitona de primeira. Eu não entendo de signos e não faço ideia do que é mapa astral. Eu vou te decepcionar nos detalhes. Eu posso me esquecer de abrir a porta do carro, de falar obrigado e de te mandar boa noite todos os dias. Leia mais