Mallu Navarro

Não deixe que acontecimentos do passado impeçam você de viver o futuro

Pode parecer meio ingênuo, mas acho tão bonito não ter medo de amar. Se permitir conhecer outras almas e se fazer uma página em branco é uma atitude de respeito e generosidade. Quem acabou de chegar, não deve pagar pelos erros de quem se foi. E quem consegue agir assim é tão mais feliz,  vive tantas coisas boas, recebe tanto carinho a mais do que quem se bloqueia. É, eu acho lindo mesmo. Leia mais

Mallu Navarro

Recupere-se antes de entrar em uma nova relação

Ansiedade. Incompreensão. Angústia. Esses são os sentimentos que têm guiado a maioria dos relacionamentos atualmente. Por que? Porque as pessoas estão tão machucadas, que se torna automático machucar aos outros. Acontece naturalmente, o medo guia as atitudes e a falta de plenitude viabiliza as ações instintivas. Dia após dia, entre encontros e divórcios, milhares de pessoas são expulsas da vida de seus parceiros, ensangüentadas, com uma mala nas costas e um coração tão fragilizado que, muitas vezes, nunca se recupera. Leia mais

Ester Chaves, Jey Leonardo

Relacionamento abusivo: não silencie seu grito

Então, eu estava ali, disposta, quando você me sugou para dentro do seu mundo e, pouco a pouco, eu perdi a paz. No começo, era tudo perfeito, eu podia ir e vir, os encontros eram demorados. As tardes driblavam a minha rotina e me entregavam cenas de amor que eu nunca imaginei viver. Era perfeito. Um conto de fadas contemporâneo. Mas alguma coisa saiu dos trilhos e eu me vi dentro de um arcabouço, tão logo percebi os detalhes. A minha liberdade tinha limite. Leia mais

Nivia Maria

Viver é ir além da rotina

Viver é mais do que só estudar, só trabalhar, só estudar e trabalhar, só dormir e comer, só isso e só aquilo. Viver ultrapassa qualquer rotina onde você se sente em uma exaustão por ter que cumprir. A vida é mais do que prazos, regras, entregas, metas e rotinas. A vida é tudo, mas é principalmente a parte em que a gente se sente em paz consigo, que respira fundo e não sente o peso do mundo nas costas e no peito. Leia mais

Mallu Navarro

De repente nada

De repente, você completa 30 e poucos anos. De repente, você acorda em um quarto que é seu, mas você não se sente em casa. De repente, você olha pro lado e nada faz sentido. A sensação é de vazio, neutralidade, apatia. Você está ali e somente isso. Leia mais

Nivia Maria

Parte do que nos invalida, somos nós

Algumas coisas começam a fazer sentido depois que você para pra pensar e repensar sobre certos momentos e conceitos de sua vida, e do mundo, e dos postes, e das vias, e dos amores, e das comidas, e das dores, e dos pneus, e do que causa essas dores e os problemáticos problemas. Leia mais