Ester Chaves

O frio é o cupido atento que se aproveita da fragilidade dos corpos para aproximar as almas

O frio é um convite para encurtar distâncias. Uma bela desculpa para reconciliação depois de um mal-entendido. Quando o casal briga num dia comum, onde a temperatura não ameaça, o marido já acampa no sofá, voluntariamente, sem cogitar a possibilidade de prolongar a conversa. Sabe que depois do erro, ficará uma lacuna que só será superada após algumas horas de solidão da mulher. Leia mais

Ester Chaves

Para ser o amor do seu amor, primeiro seja amigo

Alguns casais já foram amigos um dia, mas perderam a sobriedade da união quando separaram os sentimentos. Quiseram amar somente com o exagero do amor e acabaram esquecendo que a amizade era o que sustentava todo o relacionamento. Esgarçaram o que tinham de mais sagrado. Destruíram o pacto entre as almas e fundaram um abismo. Leia mais

Ester Chaves

A gente tem mania de enxergar amor onde não existe

A gente, às vezes, fala de amor como uma causa perdida. A gente fala de amor pensando no relacionamento anterior, que não era amor. Que só parecia amor. A gente quer se segurar em alguma coisa pra falar de amor, mas o amor não tem paredes. A gente cai e espera ser abraçado. Espera flutuar. Mas se machuca porque não tem fé no amor. Porque se doa com medo e confunde qualquer cafuné com amor, qualquer riso de canto de boca com amor. A gente tem mania de chegar no amor lotado de pesos, tralhas emocionais, bagulhos de desventuras, mas no amor não cabe passado nem excesso de expectativa. Leia mais

Ester Chaves

A vida começa todos os dias

Mais um ano terminou e, inevitavelmente, começamos a retrospectiva interna. Foram tantos sonhos rabiscados em papéis avulsos com as cores da esperança, tantos desejos que ficaram para trás e se transformaram em frustração. Não queremos olhar novamente aquele projeto que não vingou, aquele amor que era só de fachada, aquela amizade que era puro interesse. Leia mais