Ester Chaves

A gente tem mania de enxergar amor onde não existe

A gente, às vezes, fala de amor como uma causa perdida. A gente fala de amor pensando no relacionamento anterior, que não era amor. Que só parecia amor. A gente quer se segurar em alguma coisa pra falar de amor, mas o amor não tem paredes. A gente cai e espera ser abraçado. Espera flutuar. Mas se machuca porque não tem fé no amor. Porque se doa com medo e confunde qualquer cafuné com amor, qualquer riso de canto de boca com amor. A gente tem mania de chegar no amor lotado de pesos, tralhas emocionais, bagulhos de desventuras, mas no amor não cabe passado nem excesso de expectativa. Leia mais

Eden Picão

Foi amor e continuaria sendo a lembrança disso

E aqueles dois corações eram cheios. Aqueles corações, em verdade, transbordavam. De estufar as costelas. De doer agudo por dentro. Era o amor verdadeiro. O amor pleno que não se repete, que o destino, o acaso, ou seja lá quem é o responsável pelas ironias da vida, joga no mundo como dados e nos faz procurar incessantes e incertos. Leia mais

Noyuke Silva

Ela sabe fazer tempestade, mas também é verão

Ela não é o tipo de pessoa que você possa simplificar ou generalizar. Ela não faz parte da multidão, embora algumas vezes esteja no meio dela. É como alienígena caminhando disfarçada. É chorona, mas sabe como ninguém ficar de cara amarrada. E como me dói ver ela triste ou decepcionada. Plantaria girassóis em pleno sistema solar. Instalaria um império no universo e chamaria de nosso lar. Roubaria galáxias, criaria constelações. Faria de tudo pra não vê-la triste. Deixaria de sonhar… Leia mais

Andréa Góes

É preciso ver com as lentes do coração

Às vezes é preciso de um olhar visitante
Daquele perto, distante
Que não tem sua vista cansada
Que não tem sua alma viciada
Com as lentes da rotina
Aquela óbvia, costumeira, que tudo vê
Menos que a sua forma de enxergar
Deixa sempre escapar
Pelas mãos
Aquele tanto de emoção
Uma cota de surpresa
Aquela parte em liberdade. Leia mais

Mallu Navarro

Não espere acabar para perceber

A vida seria muito mais fácil se todos desenvolvessem a habilidade de identificar padrões de comportamento. Em uma época em que há mais pessimismo que otimismo, a maioria ainda acredita que as pessoas mudam. O que me parece bastante contraditório. Leia mais

Ester Chaves

A vida começa todos os dias

Mais um ano terminou e, inevitavelmente, começamos a retrospectiva interna. Foram tantos sonhos rabiscados em papéis avulsos com as cores da esperança, tantos desejos que ficaram para trás e se transformaram em frustração. Não queremos olhar novamente aquele projeto que não vingou, aquele amor que era só de fachada, aquela amizade que era puro interesse. Leia mais

Jey Leonardo

Dou adeus a 2016 com uma certeza: eu sou forte, sobrevivi

Foi um ano difícil. Talvez essa seja uma daquelas típicas afirmações que recebem o consentimento de todo mundo. É impressionante. Mas foi um ano muito difícil mesmo. Pior que em praticamente todos os sentidos. Tempestades longos e poucos dias de sol. Era como se a gente tentasse insistentemente arrumar, mas que, por algum mistério, a vida permanecesse sempre bagunçada. Leia mais