Pedro Silva

O medo vai me impossibilitar de te dizer tudo que os meus silêncios gritam

Provavelmente você nunca lerá isso. A certeza é quase que absoluta de que o medo vai me impossibilitar de te dizer tudo que os meus silêncios gritam. Eu gostaria tanto de te falar que eu nunca senti isso por ninguém antes. Que é estranho demais tudo isso que sinto aos montes por você. Juro. Será que isso é o amor? Eu me sinto totalmente desesperado por não saber o que é. São trilhões de sentimentos armazenados aqui dentro, que só aumentam e por fim, transbordam por todo o meu corpo.

Hoje é mais uma daquelas madrugadas que eu acordo e fico em silêncio, pensando em todas as possibilidades impossíveis entre nós dois. Atualmente, se tornou mais do que rotina pensar em você. Eu gostaria tanto de tomar um pouquinho de coragem e te dizer que eu quero você mais do que como amiga, e que na verdade eu te amo verdadeira e profundamente. Dizer que você é o alguém que eu quero comigo todos os dias. Ou simplesmente perguntar se o fato da minha voz mudar cada vez que digo que te amo, seja porquê eu te amo mais do que você imagina.

Porque sim, eu te amo. E só de ouvir a tua voz, meu coração para. E a tua risada arranca todo o meu ar. E nos nossos momentos de puro carinho, os meus olhos se enchem de paz e a única coisa que o meu coração diz, é: “cara, você tá apaixonado”. Por Deus, como eu queria que fosse você. Eu amaria te beijar de manhã cedinho, mesmo que você esteja toda descabelada. Eu amaria estar todos os dias com você. Dividir a cama, a comida, a vida. Eu queria que o meu “sim, eu aceito” fosse dito pra você. Queria ouvir de você o “parabéns, você vai ser papai”. Ter a nossa família. Cuidar de você até quando eu não tiver mais forças para cuidar de mim. E te jurar amor, e te dar amor, e fazer amor, te amar. Te amar desse jeito que eu amo e muito mais.

Eu queria tanto que fosse eu, você entende? De um jeito, eu sei que você sente algo por mim, mas nada demais. Te confesso que gostaria que fosse tudo demais, porque, se você me desse uma chance, eu juro, não te largaria nunca mais. As pessoas são Preto e Branco, e você é a única cor que eu vejo. As pessoas são sem graça, e você é o meu maior divertimento. Ao teu lado, o tempo voa. Longe de você, os minutos viram longas horas. Te querer tanto assim… Te amar tanto assim…

Acho que você está me deixando perdida e completamente apaixonado por você. Porra. Eu queria tanto que você soubesse disso. Quem sabe amanhã, semana que vem, daqui um mês ou um ano. Você vai saber que depois de você, eu não sei amar mais ninguém. E que você, amor, é o que eu quero. É quem eu amo. E a gente ainda casa um dia, nem que seja nos meus sonhos. Eu sei, vai ser eu e você. Só espero que um dia a sua vontade seja eu. Eu te amo. Demais. Muito. Bastante.

Pedro Silva