Pedro Silva

Eu, você e o nosso amor sem explicação

Eu sei que o amor não é aquilo que vemos nos filmes de romance. Eu sei que o amor não tem nada a ver com pétalas de rosas caindo do céu. Eu sei que o amor não é acordar todos os dias ao lado de uma pessoa que não erra. Eu sei que o amor não se trata de risos durante todos os dias do ano. Cara, o amor não é um conto de fadas. Eu sei de tudo isso. Mas o que vivemos poderia dar um filme. Pode se tratar de risos eternos, principalmente depois dos desentendimentos.

O nosso amor é confuso e tortinho. O nosso amor envolve birra e cara feia. O nosso amor tem teimosia e irritação. O nosso amor é cheio de pequenos nãos. Mas repleto de sim. O nosso amor é aquele cheio de brincadeiras. De mimo, dengo, carinho, abraço, carícias. Cheio de tudo aquilo que te arranca o ar. De tudo que te faz dormir com os olhinhos brilhando. Ele é puro. Puro igual o coração de uma criança que não conhece nenhum tipo de maldade.

A gente meio que se completa. Eu te dei tudo o que tinha e você me ofereceu o seu coração. Agarrei com toda a força que pude, e te juro, cuidarei dele como se fosse o meu. Juro que vou te proteger de todo e qualquer mal. Que vou me esforçar para arrancar sorrisos quando a sua única vontade for chorar. Juro que terei você como primeiro e último pensamento do meu dia. Juro que vou te cuidar, mesmo de tão longe. Juro que tentarei fazer de ti, a mulher mais feliz desse mundo. Juro que não permitirei que nosso amor se perca no meio da rotina. Juro que as nossas brigas não durarão mais que vinte minutos (até porque não quero ter que ficar de mal com você).

Não te prometo um amor igual o dos filmes do Nicholas Sparks ou dos livros do John Green. Não te prometo um amor com um homem perfeito que nunca pisa na bola. Não te prometo um amor perfeito. Mas te prometo fazer do nosso amor, o mais bonito do mundo. Mas que seja bonito para nós dois, porque é como eu te disse: não ligo para ninguém, quem importa é você. E vai ser assim até o final. Eu, você e a nossa confusão. Eu, você e o nosso amor sem explicação. Eu, você e a felicidade a nossa volta. Eu, você e todo o amor do mundo.

Pedro Silva