Jey Leonardo

Meu coração encontrou paz, espero que o seu encontre também

“Nós temos a capacidade de amar de novo”. Foi triste e bonito ouvir isso. Bonito por renovar minhas esperanças, triste porque eu não queria amar de novo…

Eu queria continuar amando você, continuar morando no seu peito e acreditando que nossa história daria certo. Triste porque por mais que eu amasse você, não podia amar por você.

Foi difícil não ter o controle daquela situação. Te ver partir sem olhar pela fresta da porta ao menos pra ver como a pancada me deixou. A vida dá cada rasteira na gente. No inicio eu chorei, esperneei, perguntei a Deus o porquê.

Meu coração merecia toda aquela tempestade? Por que o “não” quando meu peito implorava por um “sim”? Agora eu percebo… Se eu soubesse o que Ele já sabia, eu imploraria pelo “não”. Se eu soubesse o que Ele já sabia, eu guardaria logo as lágrimas e sorriria ao perceber o cuidado dEle, mesmo quando eu não percebia.

Meu coração encontrou paz, espero que o seu também tenha encontrado. Eu sofri, sim, mas um sofrimento que não se compara à felicidade que veio através dele. A dor me trouxe tanta sabedoria! O coração ainda está sarando. A cada dia eu sinto a cicatriz mais fechada, o peito mais leve e, olha, eu nem choro mais.

Meu coração se abriu novamente e foi tão bom! O amor sempre nos encontra… Não importa o quanto fujamos, o quanto disfarcemos… Ele vem. Lindo e forte como sempre. As palavras que doeram, hoje são maravilhosas de se ouvir e viver. No final, você tinha razão: nós temos capacidade de amar de novo.

Drica Serra