Jey Leonardo

Cada um sabe a alegria e a tristeza que carrega dentro de si

Ninguém compreende nossa dor por inteiro. Os amigos tentam aconselhar, os parentes dizem que tudo vai ficar bem, os conhecidos soltam a besteira: “tem-gente-que-passa-por-coisa-pior.” Tem mesmo, mas isso tira meu direito de sofrer?

Cada um sabe a alegria e a tristeza que leva dentro de si. A questão é que o que é brisa para mim, pode ser um furacão para você. E vice-versa.

Houve um período em que me senti terrivelmente sozinha, tinha amigos, uma família muito bacana, mas me sentia sozinha e pronto! Era o que havia dentro de mim. Precisei me ajustar, avaliar o que estava acontecendo comigo, procurei um psicólogo, orei, chorei. E resolveu.

E o que eu quero dizer com isso? Talvez ninguém entenda sua dor, nem mesmo você. Não porque eles são incompreensivos e ruins, mas porquê tem dor que só dói na gente, por mais que tentemos externar, o outro simplesmente não vai entender.

Então é você (e somente você) que precisa decidir sair do chão, que precisa se olhar e dizer: eu posso mais! Eu não preciso sofrer por isso! Eu tenho mais motivos para sorrir do que chorar! Tem, sim. É só procurar.

A vida pode ser leve, o choro pode ser passageiro, a fé pode te levar a lugares altos. Há dor? Há sim. Mas mais do que isso, que exista mais vontade de viver, de sorrir, de sonhar!

Drica Serra