Andréa Góes

Às vezes, a culpa pesa mais do que podemos suportar

A tua culpa vem em ondas
Por onde andas, não importa o que faças
Estás sempre errada,
Teu remo nunca te leva a nada
Além da autotortura.
Não importa a altura do que alcanças
Não importa se é espada ou lança que enfrentas
Teu rumo nunca é de paz
Estás sempre aquém, sempre atrás
De todo o teu potencial.
Teu prêmio é cobrança letal
Que ensina a sempre querer mais,
Ganhando cada vez menos. Leia mais

Andréa Góes

Resiliência

Em minha residência interna
Habita a não resistência externa
Sou a favor do que a vida traz
Enfrento seu olhar atroz
De quem espera de mim uma lágrima, um grito, uma ruptura
Mas não captura que em meu âmago
A mágoa ocupa lugar de motriz amarga
Que funciona à medida que o motor alarga
E me faz sempre ser mais forte, ser maior
Da minha matéria prima extrai o suor
Com que me construo diariamente. Leia mais

Andréa Góes

Um dia fomos três

Um dia, fomos três
Antes dela mudar a sua tez, sua expressão
Foi antes da conversão.
Conversava normalmente, ainda nesse tempo
Não se importava se estava fora ou dentro,
Do padrão, da moda, do coração.
Ainda não comprava roupa importada
Ainda ela mesmo, se comportava. Leia mais

Andréa Góes

Casa vazia

A casa só ganha vida quando habitada
Vazia, me deixa oca
Cheia de paredes, tetos e cômodos
Me incomodo com a minha própria presença Leia mais