Jey Leonardo

Uma hora vou te decepcionar. Isso é normal

Sim, eu vou te decepcionar. Eu não sou romântico sempre. Eu não tenho habilidades manuais. Eu não consigo abrir o pote de azeitona de primeira. Eu não entendo de signos e não faço ideia do que é mapa astral. Eu vou te decepcionar nos detalhes. Eu posso me esquecer de abrir a porta do carro, de falar obrigado e de te mandar boa noite todos os dias. Leia mais

Jey Leonardo

Foi amor e continuaria sendo a lembrança disso

E aqueles dois corações eram cheios. Aqueles corações, em verdade, transbordavam. De estufar as costelas. De doer agudo por dentro. Era o amor verdadeiro. O amor pleno que não se repete, que o destino, o acaso, ou seja lá quem é o responsável pelas ironias da vida, joga no mundo como dados e nos faz procurar incessantes e incertos. Leia mais

Jey Leonardo

Ela sabe fazer tempestade, mas também é verão

Ela não é o tipo de pessoa que você possa simplificar ou generalizar. Ela não faz parte da multidão, embora algumas vezes esteja no meio dela. É como alienígena caminhando disfarçada. É chorona, mas sabe como ninguém ficar de cara amarrada. E como me dói ver ela triste ou decepcionada. Plantaria girassóis em pleno sistema solar. Instalaria um império no universo e chamaria de nosso lar. Roubaria galáxias, criaria constelações. Faria de tudo pra não vê-la triste. Deixaria de sonhar… Leia mais

Jey Leonardo

Dou adeus a 2016 com uma certeza: eu sou forte, sobrevivi

Foi um ano difícil. Talvez essa seja uma daquelas típicas afirmações que recebem o consentimento de todo mundo. É impressionante. Mas foi um ano muito difícil mesmo. Pior que em praticamente todos os sentidos. Tempestades longos e poucos dias de sol. Era como se a gente tentasse insistentemente arrumar, mas que, por algum mistério, a vida permanecesse sempre bagunçada. Leia mais

Jey Leonardo

Deleite

A vontade é enorme. Do nada ser dividido pelo nada e restar tudo de que não preciso no resultado.
Queria ser um deus, para criar a destruição como quem sabe que nunca morre. E depois morrer. Leia mais

Jey Leonardo

Lar é onde sua ansiedade adormece

Eu nasci com a alma inquieta.

Grande parte dos meus pensamentos escapam do meu controle, por mais simples que seja a situação e mesmo que ela esteja aparentemente sob meu domínio. Mas sempre vai existir aquele fio de possibilidade capaz de fazer a mente reverberar sobre coisas que nem aconteceram e que talvez jamais aconteçam. Uma angústia constante. Leia mais