Jey Leonardo

Te esquecer nunca esteve nos meus planos

Não posso te ligar, muito menos bater no seu portão e dizer o quanto a sua voz de menina mimada faz falta na minha rotina. Não posso falar de você para os meus amigos e nem dar sinais de que sinto sua falta nos lugares que eu frequento.

Muito tempo se passou e todo mundo acha, aliás, todo mundo tem certeza que eu já te esqueci e que você é página virada. Eu até virei, só não troquei o livro porque eu sabia que volta e meia eu retornaria na sua página só pra sorrir e relembrar da gente.

Você não vai me procurar e tudo bem, eu entendo que você também já está seguindo em frente e tentando se relacionar com outras pessoas. Às vezes bate uma necessidade absurda de te ligar, mas logo a ficha cai que agora a sua vida não tem nada a ver com aquela de alguns anos atrás e que me reviver já é algo que não te satisfaz como antes.

Um dia eu rasgo a página, troco o livro, compro outro e te esqueço. Eu vou te esquecer por um ou dois meses, até que o tempo passe e eu comece a te esquecer por um ou dois anos. Pra sempre? Ah, não… se eu não pude te ter pra sempre, te esquecer pra sempre nunca fará parte da nossa história.

Leonardo Santaroli