Jey Leonardo

Não fique observando a vida apenas pelo retrovisor, viva o agora

Quem foi que disse que deveríamos mudar tanto? Quem determinou nosso crescimento de forma tão assustadoramente rápida? Ainda não consigo entender os motivos de quebrar a cara e partir o coração em milhares de pedacinhos ao longo do processo.

Quebrar e reconstruir. Despedaçar e colar. Tudo em um grande ciclo sem fim.

Qual o objetivo de morrer de trabalhar na vida adulta? Quem foi que disse que deveríamos acumular riquezas e não momentos, afinal? A gente morre de trabalhar e trabalha para morrer. Estresse, desilusões, fins e afins…

E aí a vida passa, Mas o tempo não para, não te espera. Tudo corre e você fica para trás, olhando através do retrovisor a vida ruim de um trabalho ingrato, preocupações infelizes e amores roubados.

Lute pelos seus sonhos, Não viva como se fosse imortal, pois nada durará para sempre, Nem mesmo você.

Seja a garota de 10 anos, O amor que você abandonou, A vida que sempre quis, Mas não lutou. Seja a sua essência.

Grazielle Vieira