Pedro Silva

Não é a primeira vez que me envolvo com alguém, mas é a primeira vez que alguém me envolve tanto assim

Sei que já me apaixonei antes, mas não sinto que seja aquele mesmo envolvimento de sempre. Sei também que quase tudo que a gente sente na vida é questão de intensidade. É sempre demais, ou de menos. Eu já namorei algumas vezes, já pensei até em casamento, mas depois, depois de algum azar esquisito e doloroso tudo aquilo infelizmente acabava e eu ficava me perguntando se tudo o que eu tinha sentido era realmente amor, e era, até deixar de ser. Penso que só não era pra ser, não com aquela pessoa, e nem naquele momento. Leia mais

Pedro Silva

O caos começou quando nos apaixonamos

Moça, vou contar-lhe uma história. Uma das grandes e, com certeza, a mais caótica possível. Eu adoraria começar essa história com: “Era uma vez…” porque você sabe, eu sei que gosta de histórias de princesas e seria um jeito lindo para iniciar essa. Porém, contos de fadas tem aqueles começos ensaiados, um meio totalmente dramático, um quase fim trágico e depois de muito blá-blá-blá, o grande e esperado “felizes para sempre”. Leia mais

Pedro Silva

Carta dedicada a todos os corações vazios

A depressão vem a ser caracterizada como um distúrbio emocional. As estáticas afirmam que de cada cinco pessoas, pelo menos uma apresentará as características que se enquadram perfeitamente à depressão. O que parando pra pensar, é um número muito alto. Mas o que é a sua definição ou as estáticas, quando se trata dessa avalanche de sentimentos mal desejados que sentimentos, não é? Leia mais

Pedro Silva

Criador da página apodrecendo lança livreto artesanal

Imagina ter em suas mãos um material publicado em forma de texto daquele artista que você admira, feito à mão e com o conteúdo que fala, nada mais nada menos, tudo o que você já costuma gostar daquele autor? Isso é um zine: uma espécie de livreto básico, independente e, muitas vezes, com aspecto artesanal. Leia mais

Pedro Silva

Você me fez voltar a ter fé

Eu nunca fui uma pessoa muito religiosa e isso vem desde cedo. Na minha família não é, e nunca foi costume ir à igreja ou orar antes de dormir. Lembro vagamente de ter ido à igreja algumas poucas e raras vezes, porém, nessa época eu ainda era pequeno demais pra entender o que é ter fé e seguir esse raciocínio de que possa existir algo de bom lá fora. Leia mais