Noyuke Silva

É bonito ser imperfeito, desde que você assuma ser o que é

Como se pode viver uma vida inteira e não ser nada daquilo que realmente se é? Como conseguir fingir tão bem, melhor do que qualquer poeta fingidor, dores que nunca foram suas? Mentimos para nós mesmos. Somos demônios que ainda fingem ser anjos por algum motivo de orgulho e arrogância que não se pode entender. E não entendo. Quão belo é ser um anjo caído. E quão belo seria transformar o mundo em um Inferno de verdade ao invés desse teatro bobo e medíocre que apenas imita um inferno e que chamamos vida. Não existe vida. Só existe a Morte. A Morte gera a vida por espelhamento, assim como o vermelho só existe pelo fato de não ser azul. Leia mais

Noyuke Silva

Amar é não ter medo de expor sua vulnerabilidade

Amor. É dar um beijo sabendo que está prestes a pegar uma gripe. É, mesmo tendo conhecimento dos riscos, se afogar num mar de línguas. É desconhecer distâncias e desafiar perigos. É ser surpresa de repente em dia de carência. É comprar um chocolate, mesmo, sinceramente, se esquecendo da dieta ou de alguma promessa. É esquecer problemas e atribulações e apenas estar ali, de corpo e mente. É cuidar e, principalmente, se deixar ser cuidado. É dar aberturas para que vejam seus pontos mais fracos, seus egoísmos, seus erros e seus medos. É não ter medo de ser o que se é, de se mostrar como se é. É confiar e respeitar. Leia mais

Noyuke Silva

Ela sabe fazer tempestade, mas também é verão

Ela não é o tipo de pessoa que você possa simplificar ou generalizar. Ela não faz parte da multidão, embora algumas vezes esteja no meio dela. É como alienígena caminhando disfarçada. É chorona, mas sabe como ninguém ficar de cara amarrada. E como me dói ver ela triste ou decepcionada. Plantaria girassóis em pleno sistema solar. Instalaria um império no universo e chamaria de nosso lar. Roubaria galáxias, criaria constelações. Faria de tudo pra não vê-la triste. Deixaria de sonhar… Leia mais

Noyuke Silva

Deleite

A vontade é enorme. Do nada ser dividido pelo nada e restar tudo de que não preciso no resultado.
Queria ser um deus, para criar a destruição como quem sabe que nunca morre. E depois morrer. Leia mais

Noyuke Silva

Por você eu suportaria qualquer coisa

Quando olho em seus olhos, eu vejo conforto, minha paz. Porque sua pele tece maciez na minha. Porque teus arranhões bebem no meu corpo a ferocidade do prazer. Porque teu corpo me faz lobo a morder tua carne. Porque teus dedos na minha barba me fazem carinho inédito toda vez. Porque teu gosto fica em mim por horas depois de te tocar. Porque teu coração pulsa quase dentro do meu quando nos abraçamos. Porque teu sorriso é item necessário na felicidade do meu dia. Leia mais

Noyuke Silva

Sou cada impulso meu

Sempre fui assim. Meio de agir mais e pensar menos, sabe? Do tipo que bota fogo no mundo e só depois pergunta o porquê. Mas também do tipo que abraça ao primeiro sinal de choro e só depois questiona o motivo. Sorrio feliz e só depois me pergunto “eu conheço essa pessoa?”. É o que eu sou: impulso! Leia mais

Noyuke Silva

Resiliente é minha alma, vitoriosa é minha luta

Resiliência. Palavra estranha de significado complexo. Rima com resistência. Mas com carência também. Resiliência é a capacidade de um material para, quando deformado, voltar ao seu estado natural. Palavra da área de exatas a qual conheço muito bem. Não por estudar a resiliência que materiais possuem ou suas capacidades elásticas ou plásticas. Conheço-a bem por ter nascido com ela impregnada em meu DNA. Está no sangue, corre nas veias e o coração bombeia. A cabeça pensa, racionaliza e se reprograma. Resiliente é o material do qual minha alma é feita. Leia mais

Noyuke Silva

A vida passa rápido demais, às vezes é preciso pausá-la

Sentei no chão.

No vazio da sala e em meio a todo meu caos. Fechei os olhos.

Os carros passando eram ensurdecedores. As vozes da cidade sempre falaram alto demais. Mais alto que o sabor das alegrias e tristezas. Em algum momento você percebe o quão em vão tem sido a vida. Um amontoado de pensamentos e atos que trilham caminhos sempre inesperados. Leia mais