Eden Picão

Foi amor e continuaria sendo a lembrança disso

E aqueles dois corações eram cheios. Aqueles corações, em verdade, transbordavam. De estufar as costelas. De doer agudo por dentro. Era o amor verdadeiro. O amor pleno que não se repete, que o destino, o acaso, ou seja lá quem é o responsável pelas ironias da vida, joga no mundo como dados e nos faz procurar incessantes e incertos. Leia mais

Eden Picão

Somos migalhas de universo, poeiras de estrelas

Os corpos celestes que apontamos na amplidão do firmamento
Brilham incessantes e delicados na ponta de nossos dedos
Todo planeta habitável que nunca encontraremos
Gravita entre espaços de nossos corpos em segredo
Os anéis congelados e fascinantes de Saturno
Orbitam também o centro de nosso plexo solar Leia mais